Pesquisadores imprimem cartilagem em 3D para nariz; entenda o processo

Um grupo de pesquisadores do laboratório de engenharia e regeneração de cartilagens da ETH Zurich desenvolveu um novo modelo de cartilagem para o nariz. A grande diferença é que ele é feito utilizando a impressão 3D, sendo produzido em apenas 16 minutos. As possibilidades com este método são as mais variadas.

cartilagem

O novo método tem potencial, por exemplo, para personalizar a medicina e criar estilos diferentes de narizes para cada paciente. No caso de uma cirurgia para se recompor um nariz quebrado, o modelo 3D é criado, uma biópsia remove células da cartilagem do corpo da pessoa e, então, é feita a implantação da prótese.

A tecnologia é “simples”: as células são misturadas a biopolímeros que criam um hidrogel compatível com a impressora. Então, ele é usado na hora de moldar o produto e fazer sua adaptação ao corpo. Com o tempo, ficará difícil até de diferenciar o que foi inserido com o transplante da cartilagem original do corpo.

“Esperamos que, no futuro, essa tecnologia possa ser usada para superar muitas barreiras. Essa cartilagem impressa poderia ser feita no defeito e na necessidade de cada pessoa, para que o local a ser corrigido ganhe a forma e o tamanho personalizados que tinha antes”, explicou Matti Kesti, líder do grupo de pesquisas.

Por enquanto, não há previsão de chegada da tecnologia ao mercado. Ainda neste ano, alguns testes em animais serão feitos antes de avaliar humanos. Os pesquisadores dizem que o projeto está bem no início, o que não quer dizer, por exemplo, que órgãos funcionais também já não possam ser feitos com uso de impressão 3D.

 

Via Engadget e SlashGear

Leave a reply